domingo, 25 de novembro de 2012

das confissões



confesso meus delitos,

delírios de ocasião:

-- um ou outro samba errado,

-- uns tantos amores errados,

-- um passo erradio,

-- uma vida errátil,

--, por todas as razões,

hei de acertar

pois sou o homem certo

para errar...

Nenhum comentário: