domingo, 20 de janeiro de 2013

Paulistânia IV




Por favor, tirem esse trem da minh'alma:
os trilhos do progresso enferrujaram.
Guardem seus tacapes, tupis.
Que a televisão vem aí.
Aviões descambam Congonhas.
Helicópteros de Marte.
Risos, do Theatro Municipal.
Um cenário de luxo.
Praticáveis de ouro da praça da Sé.
Quintais recheados de segredos.
Boléias de caminhão. Vagões da periferia.
Tenha fé: nenhum aventureiro levará
um fiapo de tuas vestes, meu São Paulo de Piratininga.
O medo foi-se embora para outro plano.
Finda a cena. Cai o pano.




Nenhum comentário: