segunda-feira, 30 de março de 2015

Lua do cerrado



A lua do cerrado guarda São Jorge.
São Jorge guarda a lua do cerrado.
E nesses papéis trocados, invertidos,
inventados, cúmplices e amigos,
nesse vai-e-vem santo e lunar,
junto vão as nossas tristezas,
as incertezas, o desespero,
a indignação, 
o grito silente contra a soberba,
a lança que alcança
o dragão
da nossa dimensão absoluta,
da nossa humilde conduta,
da nossa incansável luta e
das nossas preces captadas ao luar.


Nenhum comentário: