sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Eu sou do ar



Criaturas do ar.
Criaturas aéreas.
Azuis criaturas, criaturas nuvens.
Eu sou do ar.
Eu sou aéreo.
O ar me tem e o ar me mantém.
Fluido e etéreo.
Feito lembranças.
Piso no nada e no nada deixo pegadas.
Em linhas tortas.
Marcas de mim.
Aéreas.

Nenhum comentário: