quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Mitos e muitos



há noites de muitos
há noites de mitos
quisera ser poeta cantor
para as noites de muitos
quisera ser
para as noites de mitos
e quanto...
quisera rimas 
para ser música de muitos
quisera rimas
para ser músico de mitos
e quanto...
e no tédio de alguma véspera
Vésper brilhará mítica
-- não fui rima, nem poeta, nem cantor --
e ainda assim entornei a música e bebi a noite


Nenhum comentário: