sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Jabuticabas




Trazem passado as palavras.
Uma espécie de riso ao contrário.
A ordem em desatino.
Tremem as mãos.
Esmiúçam o horizonte os olhos.
O todo e a parte.
A parte.
Não mais que espólio.
Nem infância.
Nem vida.
Jabuticabas me entristecem.



Nenhum comentário: