terça-feira, 1 de setembro de 2015

Vergonha na cara



Vergonha na cara é artigo de luxo.
Não se encontra na feira das almas
nem no mercado dos poderosos.
Não dá em árvores nem é rasteira.
Vale de sábado a sexta-feira.
Não corre na chuva pelo bueiro.
Encontra em si seu próprio meio.
É cara, é rara, é vergonha na cara.
Não é enlatada nem embutido.
É lisa e fina, é sina.
É diamante lapidado.
Não faz concessão nem anda de lado.
Vergonha na cara é artigo em falta.
Vergonha na cara é artigo de luxo.



Nenhum comentário: