quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Haikai das indecências



A tua nudez me deixa nu,
a tua incerteza me deixa teso,
a tua indecência me deixa cru.

Nenhum comentário: