terça-feira, 13 de outubro de 2015

Ponteiros



Enquanto o relógio conta o tempo.
Como a bússola mostra o norte.
A agulha da vitrola toca um tema.
A pena ponteia o papel com um poema.
O espinho espeta a delícia do fruto.
E seus ponteiros apontam a nossa hora,
tal qual a vida pontiaguda tatua histórias.





Nenhum comentário: