sábado, 14 de novembro de 2015

A mudança começa




A vazão do reservatório.
Uma cova rasa.
Limites mal traçados.
Invadir a história pela mão da morte.
Latifúndio de almas.
Um velho relógio de parede parou no tempo.
Não temos mais tempo.
Nem motivo para aceitar.
Resta lutar.
Sobra viver.
Quem sabe, mudar...


Nenhum comentário: