domingo, 29 de novembro de 2015

Pelas ruas



Pode ser caminho.
Pode ser rotina.
Pode ser morada.
Pode ser destino.
Pelas ruas vejo vidas.
Pelas ruas, criaturas.
Desencontros.
Perdições.
Estimativas.
Um relógio atrasado.
Um sinal de trânsito.
Uma jornada de atalhos.










Nenhum comentário: