terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Da revolução que não é



Não faça tua a minha revolução.
Não faça, não.
O que você chama história é farsa.
O que você canta hino é apenas refrão.
O que você clama palavra é plágio.
Não faça tua a revolução de ninguém.
Pode ser que outro alguém te desminta.



Nenhum comentário: