segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Gênesis



No princípio era o verso
puro e simples como areia
matéria prima do vidro e da transparência
contido na ampulheta de todos os tempos
perspetiva da praia de quem olha do mar.
No princípio era o verso
vivo e forte como plasma
ânimo dos corpos e das atitudes
massa tomada em empréstimo da palavra
palestra de vozes e ecos insistentes.
No princípio era o verso
profeta e personagem como sina
de olhos mortos e morta língua
molde das mais adstringentes verdades
lima que desbasta a mentira e afoga a espera.
No princípio era o verso.

Nenhum comentário: