segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Da caderneta de viagem 8



Outras cinzas 
Outros corpos
Na base do vulcão um cantor lamenta
Na casa queimada as verdades ardem
Na vila tomada os mortos se abraçam
Na Terra insepulta o pranto ecoa
Do alto pouco se vê
Outras cinzas
Outros corpos


Nenhum comentário: