terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Do tempo perdido



Tenho um relógio que só marca os minutos.
É um bom relógio. 
Quantos dias inúteis tem uma semana?
São tão poucos os úteis.
O calendário sobre a mesa não tem todos os meses.
Nem precisa.
No oriente é tarde, no ocidente é cedo.
O tempo perdeu suas medidas.
É o primeiro sintoma do medo.



Nenhum comentário: