segunda-feira, 28 de março de 2016

Da seleção natural



A natureza dispõe seus escudos.
A mãe de todos bem conhece os filhos.
A justiça é natural. 
A justiça é mãe.
Separa o bem e o mal.
Suas sentenças implacáveis
são escritas em amor.
Suas mágicas enternecem
os puros de coração.
Suas cantigas entoam
verdades.
Suas verdades encantam
crianças e inocentes.
Os insensíveis, nem são.
Nem surdos, nem mudos.
A natureza dispõe seus escudos.



Nenhum comentário: