quarta-feira, 30 de março de 2016

Das pegadas



Deixaste pegadas de lama.
Fáceis de seguir.
Difíceis de limpar.
Deixaste pistas delituosas.
Indícios de caráter.
Vestígios de pesar.
Deixaste ecos de lamentos.
Sinfonias por completar.
Daltônicos poetares.
Deixaste incestos e despudores.
Herança a esquecer.
Lembrança a dispensar.



Nenhum comentário: