terça-feira, 14 de junho de 2016

Esfinge




Mitos e mistérios vivem em nós.
Frases feitas e lugares comuns.
Decifrar, devorar: 
somos a carne,
somos o osso, 
somos a carne de pescoço.
Convivem em nós as contradições de sempre.
Os opostos atraentes.
As incoerências.
As discordâncias verbais.
Os talhos das nossas verdades
vertem sangue novo.
O plasma das nossas visões
vaza antigos jargões.
Somos pouco originais.


Nenhum comentário: