quarta-feira, 29 de junho de 2016

Supermercado






Não, eu não vendo sabonetes.
Parir um poema é dolorido.
Feito prisão de ventre.






Nenhum comentário: