sábado, 30 de julho de 2016

Do abstrato




O visível e o invisível.
O mundo entre dois mundos.
Fossem risos.
Fossem ralos.
Os ecos e o diagrama.
Somos atores, somos farsantes.
Dos males da intenção
às mazelas da consciência,
a ciência do sim e do não.
O invisível e o visível.
A cegueira entre dois pontos de vista.


Nenhum comentário: