terça-feira, 20 de setembro de 2016

Damas e heróis

Damas e nem tanto.
Heróis e muito menos.
Personagens tão reais, ficção.
O que é provável na vida.
Uns fantasmas de fraque,
outros tão casuais.
Não por acaso, todos atrás
de uma assombrosa realidade.
Vestes rituais e fantasias.
Preces mal feitas e pragas rogadas.
São atalhos da nossa existência.
São retalhos das nossas idéias.
Nem todos os vivos estão mortos.
Há um cheiro de gente no ar
e uma esperança de voltar.


Nenhum comentário: