quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Um setembro




Objetos e cotidianos falam de coisas que eu nem lembro.
Uma caneta, uma quinta-feira, um caderno.
Na última prateleira da estante vive um setembro.



Nenhum comentário: