segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Do intangível



O intangível veste a máscara do teatro.
Ganha a forma do sonho.
Disseca o desejo e o divide à mesa.
O intangível vive o drama e a comédia.
Traz a verdade na veia.
Transmuta em diversidade o finito.
O intangível vaza pelo proscênio.
Personagem do irreal.
Faz da fantasia nosso mais provável último ato.


Nenhum comentário: