quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Fortuna




Era Fulano de Tal com 11 letras.
Tinha 38 anos e um metro e setenta e seis.
Pesava quase 100 quilos mas confessava 90.
Comprou uma tv digital de 55 polegadas.
O som quadrafônico era de 1.200 watts, reais.
Seu apartamento valia mais de um milhão:
cobertura no sétimo andar.
O uísque era doze anos, o vinho safra 2011.
O contracheque tinha cinco dígitos, sete com os centavos.
O carro zero de 4.300 cilindradas tinha 250 cavalos.
Custou uma fortuna, quase 300 mil.
Cursou três faculdades e duas especializações.
Teve dois filhos, uma mulher, dois cachorros e uma cacatua.
Nas últimas férias viajou quase 8.000 quilômetros.
E orgulhava-se das mil e uma habilidades.
Foi parar no lote 408 setor 3 quadra 702.
Mas o enterro foi de primeira, uma verdadeira fortuna.


Nenhum comentário: