sábado, 4 de fevereiro de 2017

Galáxia




Um poema em busca de espaço.
O espelho quebrou.
O planeta explodiu.
A galáxia pulsou.
Onde estão os caminhos trilhados?
Onde as flores foram viver?
Onde o silêncio guardou a verdade?
Um poema em si mesmo,
sem resposta nem destino.

Nenhum comentário: